Evening off

Pronto, o mau humor passou.
É incrível como que cansaço afeta tudo … para ser muito sincera, eu estou cansada de ter que ficar correndo contra o tempo e contra o próprio cansaço para acertar tudo em casa, no trabalho, na vida a dois, e com a Rafa. É difícil sair do trabalho, ir buscar a Rafa do outro lado da cidade (25 minutos de carro), ir pra casa (35 min) e começar uma maratona inteira dentro de casa (banho na Rafa, vasilhas pra lavar, roupas para colocar na máquina, aspirador de pó para passar –o gato está perdendo pêlos-, janta para fazer, convencer a Rafa a jantar, eu jantar, lavar vasilhas de novo, acertar as coisinhas dela pra escola no outro dia, tomar banho e subir pra colocar a Rafa na cama antes das 21:00 – eu leio enquanto ela cai no sono, mas confesso que muitas vezes às 21:30 eu já estou dormindo). Mick, quando quer me ajudar, acaba me irritando pq ele sempre quer fazer exatamente o que eu estou fazendo ao invés de ir procurar outra coisa pra acertar! Mas acho que é tática, pq eu sempre digo que não precisa me ajudar com as louças aí ele entende isso como “vai ver televisão ou fazer alguma coisa no computador”. Ontem eu briguei com ele, que saco! Cansei de marido que não faz nada em casa!

Hoje a noite temos um jantar na casa da sogra para comemorar o níver da Rafa (quem é que faz jantar pra um monte de adulto comemorando o aniversário de 3 anos de uma criança???!!!!) e Rafa vai dormir por lá, então estamos planejando uma escapadinha pro cinema para pegar a última sessão de um filme qualquer (ainda tenho que ver o que está em cartaz). Eu queria ver Marley & Me, mas Mick não vai querer.
O único filme que todo mundo está falando aqui é Slumdog Millionaire e eu espero que Mick não queira ver.
Eu sei que é hipocrisia minha, mas gente, quando eu sento para assistir à algum filme, eu quero me desconectar e relaxar um pouco. Eu vi um screener de Slumdog Millionaire e, sinceramente, ficar horas assistindo um menino com a pior vida do mundo ser humilhado e torturado pq ganhou um prêmio enorme, não me soa como uma boa forma de terminar meu dia.
Eu não gosto de ver tragédias, injustiças e mais esse monte de coisa feia, das quais o mundo está cheio, antes de ir dormir. Esse é meu momento de relaxar. E mesmo que um filme não tenha um final tão feliz, prefiro uma coisa mais leve, onde um super herói aparece e salva o mundo, onde a mocinha encontra seu príncipe encantado.
No outro dia, quando eu acordar do meu sono tranquilo, eu abro a página dos principais jornais e me intero de toda a corrupção e violência.

Anúncios

6 comentários sobre “Evening off

  1. Fernanda você está certa em ficar irritada. Quando nos casamos é para dividir tudo e quando temos filhos também, afinal de contas não fizemos filhos sozinhas.
    Os homens por mais modernos que sejam, adoram uma moleza. Isto acontece com o meu marido, com o da minha mae (que é meu pai) com os das minhas amigas. Eles aceitaram o fato da mulher sair de casa e trabalhar e também ajudar nas contas da casa, mas não aceitaram o fato de dividir o trabalho doméstico e o cuidado com os filhos e isso não é justo.
    A carga de jornadas triplas e muitas vezes quadruplas recai em cima da mulher, que por ser a fêmea, é mais preocupada, mais ligada, mais atenta, mais cuidadosa.
    Aliás eu tenho várias amigas que estão passando por esta

  2. continuando, tenho várias amigas que estão passando por este mesmo momento, estão sentindo-se sobrecarregadas e seus maridos acham que “ajudam” muito em casa.
    Ajudar não é dividir, ajudar é fazer alguma coisa temporiariamente. Já dividir é participar de tudo, também é entender que nós mulheres precisamos de um tempo para nós mesmas, pq como o marido não se sente na obrigação de dividir os cuidados com os filhos ele tem mais tempo para ele.
    É injusto e nós temos que mudar isso.
    Mas relaxa, uma boa conversa com o maridex ajuda muito e as férias no Brasil também.
    bjks

  3. Caraca, escrevi um post, rs.
    bjks

  4. Oi Fee, espero que tenham se divertido ontem a noite!! Pois é, eu também às vezes preciso sacudir o Barry pois ele também é muito relaxado e se não pedir ele não ajuda. Uma das coisas que sempre me irritou e continua me irritando é que ele deixa os copos e as louças dele na pia em cima da máquina de lavar louça. Ele nunca coloca a louça na máquina. Me dá uma raiva pois quando eu acordo a pia está cheia de coisas… E tem copos dele pela a casa inteira… arghhh!! Beijão e bom final de semana

  5. Olha Fee, qdo a Victoria nasceu ateh pouco tempo atras (leia: ano passado) era eu, eu, eu, mas qdo comecei a trabalhar e o Paul ficou sozinho em casa com ela coloquei um ponto final, ah, nao dah, se bobeasse eu ia ficar limpando a casa, fazendo o jantar mesmo qdo ele ficasse em casa procurando emprego.
    Agora ele nao faz tudo, a gente divide, mas pelo menos eu vejo que ele faz bastante. As vezes ainda me irrita, esse negocio, a gente estah querendo sair, eu me arrumo, arrumo a Victoria e ele sentado esperando ha, ha, ha. Mas vamos ver, quem sabe um dia… Pelo menos eu chego em casa e o jantar estah pronto 🙂

    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s