Cadê o brigadeiro que tava aqui?!

Sabe o que mais me incomoda quando o tempo começa a ficar cinza e frio?!
Eu começo a me preparar para hibernação! Sério, é praticamente uma tarefa hercúlea controlar o apetite o dia inteiro.
Eu já perdi 2kgs dos 5 que ganhei no mês anterior à feira (resultado de noites e mais noites na frente do laptop com uma panela de brigadeiro do meu lado – e, sim, eu como uma panela de brigadeiro sozinha e em uma noite sem ter overdose de açúcar ou chocolate).
Agora faltam 3kgs que me forçam a enfrentar toooooooda a preguiça do mundo e me enfiar na academia três vezes por semana.
Eu sei que nem está frio ainda (aqui tá fazendo uma média de 14°c todos os dias), mas quando eu saio do escritório já está escuro e todas as células do meu corpo berram que querem comer massa com molho cremoso (e cheio de queijo) e depois sentar na frente do sofá pra ver televisão. Eu tô indo pra academia meio que automaticamente, tentando não pensar no assunto.
Pego a Rafa, pego o Mick, paro em casa pra trocar de roupa, pego um smoothy na geladeira e vou. O difícil é aguentar a discussão entre a parte gorda e acomodada do meu cérebro e a parte que quer pq quer entrar na calça sem sentir a circulação sendo cortada, durante o trajeto trabalho – pós-escola da Rafa!!!
E no caminho de casa Mick sempre tem a petulância de falar “fica em casa, vai. A gente pode jantar normal e ver um filme.” … a parte gorda do meu cérebro faz festa pq encontrou suporte e eu começo a ficar na dúvida.
Tá difícil … muito difícil.
Ainda mais agora que eu mudei toda a minha série de musculação (e desisti de ficar imitando macaco, leão, tigre e elefante na so-called aula de zumba). Ontem eu estava andando como se estivesse grávida de 9 meses (sabe aquela época em que a gente incha tanto que não dá mais para andar como seres humanos normais e começa a andar igual pato??!!!) por causa da dor nas pernas … músculos que eu nem sabia que existiam estavam latejando.
Eu queria tanto ter a personalidade forte nesse quesito!! Queria tanto poder enfrentar chuva, vento e escuridão para ir para academia (sem ter que estar morrendo com stress de trabalho pq essa é a única forma de eu ir pra academia sem ter parte nenhuma do meu corpo questionando a decisão).
Também queria tanto que inventassem um chip ou qualquer outra coisa que te desse altos choques quando vc colocasse um pedaço exagerado de chocolate na boca (ou comesse uma panela de brigadeiro!), ou quando resolvesse que a metade do bolo de frangipane (tipo um bolo de amêndoas) nem é TÃO grande assim e dá pra comer sozinha, ou quando vc resolver que um pratão de espagueti à carbonara nem é assim uma refeição super pesada para as noites frias … afeee.

P.S: foi bem legal ler os comentários do post anterior. É bom saber o que outras pessoas pensam e as decisões que tomaram levando em conta seus estilos de vida.
Eu só queria comentar mais uma coisa: gente, é sério que é costume aqui e na Holanda os avós cuidarem das crianças?????????
A mãe do Mick avisou desde que mudamos pra cá que ela não era babá de seu ninguém e, apesar de ter melhorado MUITO hoje em dia, eu sei que ela não mudaria a vida dela para tomar conta das netas (leia-se: salvo em casos extremos, nunca que ela ia deixar a rotina dela de lado para cuidar de Rafetes ou da Milla … mesmo que a rotina seja assistir dramalhão alemão na televisão de tarde).
Eu já julguei e já fiquei puta com a mãe dele por isso, mas hoje em dia não me incomoda mais. Deixa ela curtir a vida dela e nós nos viramos com a Rafa. Mas eu bem achava que isso fosse comum por aqui, essa coisa de cada um se cuidar da sua própria vida =o/

Anúncios

3 comentários sobre “Cadê o brigadeiro que tava aqui?!

  1. Nossa!!! chega a escuridão, meu comportamento muda e fica assim tb parecidíssimo com o seu:brigadeiros,brigadeiros e tudo que engorda.Meu terceiro inverno na belgica e em relação ao meu primeiro tenho 10 kilos a mais, estou lutando muito pra conseguir emagrecer novamente.Força e chegamos la!!!! E sobre avós cuidarem de crianças, na família do meu namorado é assim mesmo:tem que cuidar, mas a mãe dele gosta. Como ainda não temos filho,não sei se gostaria que ela cuidasse tb, porque falando sério, sempre rola pitaco da avó: ah porque vc não faz isso assim ou assado.Bom final de semana!!!!

  2. eu tenho esse problema e nem precisa estar frio

  3. Ai, ai… inverno desse lado é uma merda mesmo, mas eu dou graças a Deus por não estar na Bélgica hahahaha! Já é campeã sendo magrinha, amiga!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s