A saga do cabelo

(da série: estou ficando obcecada pelo meu cabelo …)

Eu sou ansiosa. Muito ansiosa.
Do tipo que sofre por antecipação … do tipo que fica triste EM ABRIL pq ainda não sabe se vai poder ver a família no próximo natal (e esse nem é um exemplo fictício!!).
Obviamente, eu o.d.e.i.o ter que esperar para ver o resultado de algo.

Então vocês já sentiram como foi difícil atender ao pedido do marido e deixar o cabelo crescer, não é?!
Essa é a terceira vez que estou deixando o cabelo crescer desde que cortei bem curto no início de 2008. Já fazem 10 meses desde que fui no salão para cortar o cabelo de verdade e esse é um novo record (das outras vezes eu me enchi depois de uns 3 meses e cortei tudo curtíssimo de novo).
No entanto, estou chegando ao meu limite e já me pego sonhando com uma visita decente ao cabelereiro (eu gosto de cabelos longos, mas demora muito!!). Tirando a falta de paciência e a ansiedade para ter cabelos looongos novamente, o que mais me irrita é chatice que o cabelo vira no comprimento em que está.
Para driblar a chatice, resolvi que estaria sempre inovando. E é bem verdade que eu encontro certos obstáculos por causa do comprimento do cabelo (não dá pra fazer um coque gordo e chique, por exemplo), mas estou surpresa com a quantidade de coisas legais que está dando pra fazer.

Eu sempre gostei de tranças, então estou aproveitando que elas estão super em alta para incorporar no meu dia a dia.


Essa é uma trança de duas pontas que vi no Petiscos.
Não vou dizer que isso é a coisa mais fácil de se fazer, mas com jeitinho e um pouco de paciência se chega lá.
A idéia é que vc separe duas mechas de cabelo e torça ambas as mexas para a mesma direção. Com ambas mexas torcidas para a direita, digamos, vc vai trançar o cabelo para a esquerda. É difícil explicar escrevendo, então eu aconselho que vcs assistam ao vídeo no Petiscos.
No final vc arremata com um coque relaxado.

Outra dica: quando eu estou sem tempo e paciência, eu simplesmente faço uma trança comum, no lugar dessa trança de duas pontas, e prendo o cabelo com um rabo de cavalo.


Coque simples e bagunçado (ficaria melhor se meu cabelo fosse grande, mas oh well)
Sabe aquele coque que vc aprendeu a fazer tipo, quando tinha 6 anos?! É esse!
Eu faço um rabo de cavalo e puxo um coque quando vou dar a última volta com o elástico de cabelo. Com ele preso, eu dou uma bagunçada básica com a mão para ficar com essa cara de que está desabando.
Fica arrumadinho seu cabelo está arrumado na frente, mas combina bem com meus dias de cabelo arrepiado (até parece que os meus cabelos estão arrepiados de propósito. Amo!!)


Cabelo pra trás, todo preso com grampos (dá pra ver eles fugindo na foto maior). Eu fiz isso no cabelo para ir no casamento no Brasil, a diferença é que, para ir ao casamento, eu torci algumas mexas para conseguir mas volume. Quando eu quero uma coisa mais básica, eu faço como na foto.


Rabo de cavalo (que tá mais para rabo de coelho) descentralizado.
É tão ridículo que nem merece muito o que falar. Quando eu estou de saco cheio do rabo de cavalo eu copio alguma atriz que vi em algum red carpet e descentralizo o rabo. É só não prender exatamente no meio.
Essa atriz (não lembro quem era) tinha o cabelo grande, então o efeito era outro. Mas é incrível como uma mudança literalmente milimétrica, me dá a impressão de estar super diferente.

Anúncios

4 comentários sobre “A saga do cabelo

  1. Oi prima! ja tem um tempao q eu tava querendo ver seu blog ate q enfim hj eu consegui! Suas fotos estao lindas viu! Esse ultimo da saga do cabelo foi mto engracado! Sera q geneticamente nossos cabelo sao parecidos? tipo o meu tbm demora seculos pra crescer, em media cresce 0.5 cm por mes!!! eh mto pouco! da uma peninha cortar hehe!
    A Rafa ta cada dia mais parecida com vc! Uma linda menina, parabens!
    Tia Isis me falou q vc vai receber a Lara ai no meio q ano, q legal prima! Todos estao mto ansiosos pela viagem! William esta mto feliz pela maneira como vc os atendeu! E tia Isis pediu pra lhe agradecer mais uma vez!
    Tenha uma otima semana, fiquem com Deus!
    Bjo

  2. Oi Fee, adorei os penteados… ficaram todos lindos! Queria ser criativa como você e ter muito cabelo como você. Meu cabelo é tão ralinho e sou quase careta por isso às vezes certos penteados não ficam bons em mim. Acho que vou precisa de uma aulinha na semana que vem… 🙂 Beijão

    • Podemos testar tudo no findi, Mari!!!
      Eu sempre achei que eu não tinha jeito pra mexer no cabelo e confesso que minha paciência não é lá essas coisas … mas até que não é muito difícil.
      Parece ser mais difícil quando a gente ver fotos ;o)

  3. Ixii nem me fale em cabelo. Estou uma bela e longa indecisao. Tenho feito luzes há varios anos, mas meio que to querendo voltar a cor natural (mesmo com os branquinhos na parada…heheh). A realidade é que a agora esta naquela fase bicolor (do tipo, fia decide a cor que vc quer e faz alguma coisa no seu cabelo pelo amooooor de Deus). Ou seja, por causa disso nao solto mais meu cabelo, uso preso TODO santo dia. Até um dia finalmente resolver o que fazer da vida (deixar crescer mesmo ate sair as luzes; acastanhar geral; ou reassumir as luzes) OOOhhhh duvida cruel!!!!!! Ninguem merece!!! Adorei o visual do preso baixo.
    Bjsss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s